Albert Rivera está decidido a permanecer na oposição nesta legislatura, no entanto quer controlar o novo governo com “lealdade” e “significado de Estado”. Deste jeito, a primeira coisa que lhe foi oferecido ao chefe do Executivo em funções, Pedro Sánchez, é apoiar os socialistas para que iniciem o requisito prévio à aplicação do postagem 155 da Constituição, na Catalunha. O presidente Local (Cs), ao oposto do seu homólogo no PP, não levantou o pé do acelerador após as eleições e manteve seu discurso colocando o tema no tópico catalão.

Rivera, que tem repetido que a tua será uma oposição “firme, entretanto também leal e com sentido de Estado”, estendeu bem como a mão Sanchez em quatro grandes dúvidas que, a seu juízo, transcendem os interesses partidárias. Trata-Se da educação, o despovoamento, a imigração e a segurança e a competição contra o terrorismo.

Em matéria de educação, foi censurado que o PSOE “levantasse” do pacto de Estado que já se tentou endurecer, esta última legislatura, e o convidou pra “recuperá-lo”. Também reiterou o teu tratado com “a Espanha esvaziada” e salientou a imigração.

A oposição ao PSOE, a “nesse PSOE”, não se enmarcará apenas no domínio territorial, contudo bem como no econômico. O encontro entre Sanchez e Rivera, mais curto que o que manteve o presidente do Governo ontem com Casado, somente se espalhou cinqüenta minutos. O secretário-geral do PSOE foi recebido pelo presidente da Cs com formalidade, no entanto houve pouco troca de frases diante os meios, antes de falar à porta fechada.

“Eu não meço o tamanho das salas. “Muito tem o senhor Casou-se com o que tem pra enfiar o dedo no olho. O que ele comentou, Casado fala por si mesmo. Não vou me aproveitar de essas declarações. Meu propósito é controlar a Sánchez na oposição”, foi despachado Rivera.

Ao longo do seu governo como Presidente da República (de fevereiro a junho de 1823), Riva Agüero pôs em marcha uma enorme atividade pra botar o Peru em condições de terminar por conta própria a batalha da Independência. 1. Se dedicou a um serviço de organização e melhoria do Exército colocando vasto esforço em aumentar os seus efectivos, com elementos peruanos.

pela frente de ele colocou o general Andrés de Santa Cruz. Ordenou ao comandante Antonio Gutiérrez da Fonte formar forças de reserva das províncias do norte, em Trujillo, tal como o coronel Ramón Castilla a fabricação do quarto Esquadrão de Hussardos.

  1. Centro Comercial Da Pradaria
  2. Doutor Honoris Causa pela UNED (Universidade de Cervera) (2009)[2]
  3. 1 As eleições de 1958
  4. 12 Região de Múrcia
  5. cinco Afores existentes 5.1 Afores desaparecidas
  6. 1 Lista de países que não reconhecem as eleições

2. Formou a primeira equipe peruana, cujo comando confiou ao vice-Almirante Jorge Martín Guisse. Criou a escola Naval. Estabeleceu-se um permanente fechamento da costa pra se defender das incursões realistas. 3. Pegou o papel-moeda emitido, perante o Patrocínio de São Martinho e cuja circulação foi proibida. 4. Enviou missões diplomáticas da Grã-Colômbia, o Chile e a Argentina pra pedir a assistência imediata destes países para fortalecer o método de autonomia.

A auxílio que ela necessitava fazer Riva Agüero era a de Bolívar, nomeando pra tal final, como seu Ministro Plenipotenciário perto Libertador ao general Mariano portocarrero e. 5. Os comissários Diego Paroissien e João Garcia do Rio conseguiram a contratação com a Inglaterra de um empréstimo por 1.200.000 libras esterlinas, o primeiro da história republicana do brasil.