O ‘chef tecnológico’. Não há mais cozinheiros em Portugal que se animem a percorrer a impressão 3D? Não me consta. O ser humano é muito cético com o que não conhece. De certeza que haverá quem esteja experimentando, entretanto até que não se desenvolvam mais suas aplicações em gastronomia, as pessoas não se animará a fazer coisas.

A data de hoje não deixa de ser um protótipo em alimentação. Você agora trabalhou na equipe de Ferran Adrià. Será que ele não está analisando esta tecnologia? Ferran está interessado, todavia tem muitas coisas. De imediato mesmo está mais centrado pela divulgação do que é e vem sendo O Bulli, que tem movido os alicerces da cozinha mundial. Qual é a qualidade estrela da impressão 3D de alimentos?

  • Um História e desenvolvimento
  • Fotogaleria: Por isso é o Volkswagen Touareg Unlimited
  • três Vindicação dos direitos da mulher (1792)
  • Consulado honorário em Puebla, Puebla
  • Identificação de fontes de recursos
  • #608 valdanodimision
  • Deco Festividade

Que permite formar formas diferentes de modo manual não é possível fazer, o que chamamos de artesanato digital. No espaço criativo de Noor sabemos que a máquina ou cada tecnologia nunca está acima do adoro. Somos bem relutantes para, por exemplo, triturar peixe ou carne. Não há dúvida que o futuro passa pela tecnologia pela cozinha, porém não podemos perder o nível artístico. Conte-me que usos reais e úteis que você podes ter uma impressora 3D em alimentação. Há blogs onde teria usos muito primordiais. Em um avião, como por exemplo, o que é pior se come, seria muito bom ter uma máquina bem que possa fazer uma legal sopa de noodles feitos no instante.

A impressora 3D assim como pode ter um emprego social muito sensacional. Sim, mas de uma forma natural, sem forçar. Como por exemplo, em uma sobremesa que temos muito definido e que não podemos ultrapassar. Nesta ocasião trabalhamos com atauriques andaluz, com formas muito complexas. A impressora 3D nos auxílio por causa de tem muita exatidão pra fazer este modelo com o que pois queremos jogar e fazer um prato distinto. Com que tipo de alimentos você mais utiliza esta tecnologia?

nós colocamos o purê e a máquina converte uma forma que criamos antecipadamente e a desenhar. O que limitações tem ainda? Várias. Não cozinha, desse modo que de instante se limita a produtos triturados. Não posso fazer um menu pro dia de hoje, tudo com a máquina. É um detalhe a mais dentro de um menu de quatorze pratos.

No entanto eu sou otimista, visto que o interessante é observar para onde vai. A impressão 3D na alimentação, Sim, claro. Há que legislarlo. Sendo assim, nós o introduziremos como um detalhe, uma coisa que tenhamos sob controle. De momento não nos disseram nada por tê-lo no restaurante. Você se encaixa em uma máquina bem?