Os conhecidos criticarán a “baixa credibilidade” do Govern do que está em minoria e, além de tudo, depois de uma intervenção em que, a seu julgamento, o presidente “decepcionou” à Câmara autonômica. Não obstante, a Fiol tem a certeza que tem a esperança remota, isto sim”, de que amanhã Antich “possa falar algo que a opinião pública quer ouvir”.

Madueño Galã, José Maria. Caderno Monográficos. Não. 65, março de 2012. Compilação das XLIV Jornadas de História Marítima: “A independência da América espanhola 1812-1828”. Madrid: Instituto de História e Cultura Naval. Direção de Gonzalo Rodríguez González-Aller, pp. Pérez Ochoa, Eduardo (1982). A luta irregular pela autonomia da Nova Granada e Venezuela 1810-1830. Tunja: Vicerrectoría de Pesquisas e Extensão Universitária da Universidade Pedagógica e Tecnológica de Colombia & Edições Da Rã e a Águia.

Pérez Tenreiro, Tomás (1972). Os acontecimentos militares de Coro nos anos de 1821 e 1822. Caracas: Arquivo Geral da Nação. Reis, Vitélio (1957). Páez, venezuelano integral: biografia: o homem, o herói, o magistrado. Sonesson, Birgit (2008). Bascos pela diáspora: a emigração de Guaíra a Porto Rico, 1799-1830. Sevilha: Conselho Superior de Investigações Científicas.

Sosa Planícies, Pedro Vicente (1995). Guerra, finanças e controle fiscal da emancipação da Venezuela, 1810-1830. Caracas: Arquivo Histórico da Controladoria-Geral da República. Thomas, Hugh Swynnerton (1973). A dominação espanhola à dominação norte-americana, 1762-1909. Tomo I de Cuba: a briga pela independência, 1762-1970. Barcelona; México: Grijalbo. Edição de Neri Daurella.

  • Mr. X (mensagens nesse lugar) 19:02 doze nov 2008 (UTC)
  • Martínez Hernández, M
  • O Governo lança uma emenda à plenitude do pacto PSOE-Local
  • 2 História 2.1 Desenvolvimento no século XX
  • três Poderes judiciais
  • Podemos auxiliar a sua ruptura com Page e o túmulo das propostas do PSOE em Castela-A Mancha
  • quarenta e cinco horas. “Bildu não tem significado de Estado português, porém nos sobra senso comum”
  • Jorge Mijangos Branco (2019- )[14]

Valencia Tovar, Álvaro & José Manuel Villalobos Barradas (1993). História das forças militares da Colômbia. Exército. Tomo I. Bogotá: Planeta. Vallenilla Lanz, Laureano (1991). Cesarismo democrático e outros textos. Caracas: Fundação Biblioteca Ayacucho. Edição de Nikita Harwich Vallenilla. Vargas, Francisco Alexandre (1973). Batalha naval de Maracaibo.

Jean-Claude N’Dá Ametchi é um executivo bancário da Costa do Marfim. Em abril de 2011, a União Europeia aprovou por supostamente auxiliar a financiar o “Governo ilegítimo” do ex-presidente Laurent Gbagbo. Principado de Mônaco”. Em um e-mail de 2011 N’Dá Ametchi ao escritório de Genebra de Mossack Fonseca, o homem de negócios discutiu uma venda de ativos e a transferência de quase us $ 5.000.

2011.” Le Monde relatou algumas duas empresas fantasmas Mossack-Fonseca – incorporados, Foxwhelp Ltd e Caprikat Ltd, pela indústria do óleo da RD do Congo. Le Monde reported another two Mossack-Fonseca – incorporated shell companies, Foxwhelp Ltd and Caprikat Ltd, in the DR Congo oil industry. A busca revelou que Alaa Mubarak, filho do presidente deposto do Egito Hosni Mubarak tinha uma conta nas Ilhas Virgens Britânicas, gerida por Mossack Fonseca.

trata-Se de uma conta de Pão World Investments Inc., gerenciada pelo banco Credit Suisse. John Addo Kufuor, filho do ex-presidente de Gana, John Agyekum Kufuor, contratou em 2001, os serviços do escritório de advocacia Mossack Fonseca pra fundar um compromisso e administrá-lo.